(Curdistão): Mulheres Anarquistas: “Longa vida à Liberdade! Longa vida ao Anarquismo!”

Recentemente, a organização Mulheres Anarquistas (*) esteve presente na Conferência das Mulheres Jovens, em Amara, uma pequena aldeia na região de Urfa (no Curdistão) e foi responsável por uma intervenção sobre a resistência em Kobane, a influência das mulheres nesta resistência e a luta pela liberdade das mulheres.

Nesta conferência, em que participaram numerosas organizações feministas vindas de numerosos lugares do Curdistão, Merve Demir interveio em nome das Mulheres Anarquistas. Ela denunciou a violência do estado e dos homens sobre as mulheres na vida quotidiana. Deu também exemplos sobre a luta das mulheres contra esta violência. Merve, no seu discurso em curdo, declarou que as mulheres do YPJ (1) que resistem em Kobane, não resistem apenas contra o ISIS (Estado Islâmico), mas também contra a violência dos homens e do governo que oprimem as mulheres e as tratam como se elas fossem invisíveis.

Ela lembrou que as mulheres não podem ser livres a não ser num novo mundo onde se possam organizar relações sem poder e concluiu a sua intervenção por um “Longa vida à Liberdade! Longa vida ao Anarquismo!”

Depois da conferência, as Mulheres Anarquistas deslocaram-se para uma outra pequena aldeia localizada perto da fronteira de Suruç, chamada Mahser, onde assistiram à comemoração em recordação do massacre de Roboski. Durante a reunião em que foram recordadas as 34 pessoas massacradas pelo bombardeamento do Estado, as mulheres maldisseram este massacre e referiram várias vezes que continuariam a luta.

Depois da cerimónia, as Mulheres Anarquistas encontraram-se com os seus camaradas membros da Acção Revolucionária Anarquista (DAF), com quem estão em conjunto na aldeia de Mahser desde os primeiros dias da resistência de Kobane, e trouxeram encomendas enviadas de muitos lugares em solidariedade com as necessidades locais.

aqui: http://i-f-a.org/index.php/fr/communique-d-autres-organisations-10/631-anarchist-women-long-live-freedom-long-live-anarchism

(*) Anarşist Kadınlar, organização feminina anarquista turca. https://www.facebook.com/anarsistkadinlariz

(1) Unidades de Defesa Popular do Curdistão

Portal Anarquista

AMARA2

AMARA3

AMAR4

Recentemente, a organização Mulheres Anarquistas (*) esteve presente na Conferência das Mulheres Jovens, em Amara, uma pequena aldeia na região de Urfa (no Curdistão) e foi responsável por uma intervenção sobre a resistência em Kobane, a influência das mulheres nesta resistência e a luta pela liberdade das mulheres.

Nesta conferência, em que participaram numerosas organizações feministas vindas de diversos lugares do Curdistão, Merve Demir interveio em nome das Mulheres Anarquistas.  Ela denunciou a violência do estado e dos homens sobre as mulheres na vida quotidiana. Deu também exemplos sobre a luta das mulheres contra esta violência. Merve, no seu discurso em curdo, declarou que as mulheres do YPJ (1) que resistem em Kobane, não resistem apenas contra o ISIS (Estado Islâmico), mas também contra a violência dos homens e do governo que oprimem as mulheres e as tratam como se elas fossem invisíveis.

Ela lembrou que as mulheres não podem ser livres…

View original post 148 more words

Advertisements

About Core Truth

Brazilian Bounce Latinfusionmusic Entertainment Tribute To Reggae Music / Power Bossa Jams
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s